confia, do resto trato eu

Só quero que me deixes amar-te. Provar-te que os homens não são todos iguais e devolver-te a esperança que alguém que veio antes de mim decidiu roubar-te.

Quero ser o homem que juravas não existir, aquele que irá pegar em cada bocadinho do teu coração partido, juntá-los todos e reconstruir-te o coração.

Quero encher-te de amor, agarrar uma oportunidade que me dês e mostrar-te que uma só é suficiente para te fazer sentir a mulher mais feliz do mundo.

Tudo o que eu preciso é que confies, que arrisques confiar, que ouses confiar em mim. Mais do que palavras tens a minha presença, pois eu não vou sair daqui senão te levar comigo para o lugar onde vou. Um lugar onde o amor acontece e onde os medos ficam à porta.

Dá-me a mão e estarás segura.

Imagem de Chiến Phạm